Publicado em 23/03/2020

Entity Framework Core 5 - Preview 1

Entity Framework Core 5 - Preview 1

Recentemente tivemos o lançamento do Preview 1 do Entity Framework Core 5, que talvez seja uma das versões mais esperadas do Framework. Neste artigo vamos ver como utilizar esta versão e quais as primeiras novidades.

Antes de começar

Esta versão trata-se de um PREVIEW, ou seja, contém funcionalidades incompletas ou que serão drasticamente alteradas até sua versão final.

Desta forma, não recomendamos seu uso em produção ainda.

Instalando o .NET Core 5 Preview 1

Para utilizar o Entity Framework Core 5 Preview 1 você precisa primeiro realizar a instalação da versão nova do .NET Core.

Para isto, siga o processo de instalação do site oficial. Lembre-se que precisamos da SDK e não somente do Runtime.

Feito isto, você pode usar o comando dotnet --list-sdks para visualizar todas as SDKs instaladas em sua máquina:

dotnet --list-sdks  
2.2.207 [C:\Program Files\dotnet\sdk\]  
3.1.102 [C:\Program Files\dotnet\sdk\]  
5.0.100-preview.1.20155.7 [C:\Program Files\dotnet\sdk\]

E para saber a versão da SDK rodando, basta executar o comando dotnet --version:

dotnet --version  
5.0.100-preview.1.20155.7

Esta versão fica armazenada no global.json, e caso você precise voltar para uma versão anterior, você pode remover a versão atual ou executar o seguinte comando:

dotnet new globaljson --sdk-version 3.1.102 --force

Desta forma um novo arquivo global.json será gerado e sobrescreverá o anterior, com a versão especificada por você no comando.

Instalando o Entity Framework Core 5 - Preview 1

Para estes testes, criei apenas um Console Application, executando o comando:

dotnet new console -o EfCinco

Em seguida, podemos adicionar os pacotes do Entity Framework Core 5 utilizando os comandos:

dotnet add package Microsoft.EntityFrameworkCore.SqlServer --version 5.0.0-preview.2.20120.8  
dotnet add package Microsoft.EntityFrameworkCore.Design --version 5.0.0-preview.2.20120.8

O primeiro pacote dá suporte ao SQL Server, mas você pode utilizar o InMemory no lugar dele também, sem problemas.

O segundo adiciona suporte as migrações, que não é necessário caso esteja usando o banco em memória.

Note que todos os pacotes seguem o mesmo número de versão. Isto valerá para todos pacotes relacionados que você possuir.

Instalando .NET Tools - EF

Outra ferramenta que utilizamos com frequência é o EF Tools, que é instalado pelo comando dotnet ef, como nas migrações por exemplo.

Desta forma, vamos remover o EF Tools anterior e instalar o Preview. Você pode repetir este processo caso queira deixar de utilizar a versão Preview posteriormente.

dotnet tool uninstall --global dotnet-ef  
dotnet tool install --global dotnet-ef --version 5.0.0-preview.2.20120.8

Pronto, isto é tudo que precisamos para trabalhar com EF Core 5 - Preview 1. Agora vamos as novidades.

Suporte a Log facilitado

A primeira feature anunciada foi um suporte melhor e mais fácil ao log de informações que estão acontecendo na aplicação envolvendo o EF.

protected override void OnConfiguring(DbContextOptionsBuilder opt) ⇒ opt.LogTo(Console.WriteLine);

Utilizando esta opção, teremos as informações sendo exibidas no terminal, mas cuidado para não exibir informações sensíveis aí.

Ainda existem outras sobrecargas de métodos que permitem configurar quais e quanto de informações serão exibidas, bem como aplicar filtros a elas.

Visualizar a Query gerada

Para quem nunca confia na query que o EF gera, agora podemos executar um ToQueryString nas queries e simplesmente ver qual comando SQL será executado no banco.

var query = context.Set<customer>().Where(c => c.City == city);  
Console.WriteLine(query.ToQueryString())

Tabelas sem chave

Se você já utilizou EF alguma vez, principalmente com uma boa OOP, você sofreu na parte de mapear objetos de valor por exemplo, que não possuem uma chave.

O atributo Keyless chega justamente para definir que um objeto não tem uma chave primaria.

[Keyless]  
public class Address  
{  
    public string Street { get; set; }  
    public string City { get; set; }  
    public int Zip { get; set; }  
}

Alterar Connection String dinamicamente

Agora é possível alterar dinamicamente a Connection String de um Data Context, porém ainda não saiu nenhum material oficial com exemplos para este cenário.

Checagem de enumeradores

Durante a execução da migração, o EF Core será capaz de checar enumeradores, para garantir que nenhum valor incluso está fora de seu range.

EnumColumn VARCHAR(10) NOT NULL CHECK (MyEnumColumn IN('Useful', 'Useless', 'Unknown'))

Checagem de Banco

Agora podemos utilizar os comandos IsRelational, IsSqlServer, IsSqlLite e IsInMemory para checar qual banco estamos utilizando.

Esta é uma funcionalidade bem útil para quando você quer executar determinada ação apenas "em memória" ou apenas em um banco local com SQLite por exemplo.

Outras novidades

Você pode conferir todas as novidades no post oficial de anúncio do EF Core 5 Preview 1 e muitas outras novidades estão a caminho.

Vamos aguardar mais demos e principalmente o esperado NxN!



Compartilhe este artigo


André Baltieri

7x Microsoft MVP

Olá eu sou o André Baltieri, desenvolvedor Web desde 2003, já trabalhei no Brasil e nos EUA, em projetos de diversos tamanhos.

Recebi por sete vezes consecutivas, o prêmio de Most Valuable Professional da Microsoft, um reconhecimento global dado para os maiores influentes em suas tecnologias.

Atuei também como Head of People, recrutando, selecionando e direcionando a carreira de mais de 70 desenvolvedores em uma das melhores empresas para se trabalhar do Brasil.

Sou palestrante em diversos eventos como ASP.NET Conference, DevXperience, TDC, GDG dentre outros e desde 2012 realizo treinamentos e consultorias em diversas empresas do Brasil, acumulando uma ótima experiência que também transformo em cursos InCompany e Online.



Cursos Relacionados



Carreiras Relacionadas