Publicado em 15/06/2020

Windows Terminal

O Windows Terminal finalmente chegou para trazer uma melhor experiência para nossa vida via CLI, algo que era algo distante para usuários Windows.

Enquanto o Mac e Linux possuem diversas customizações para seus terminais, o Windows parecia ter parado no tempo com aquela tela azul do Power Shell.

Embora houvessem alternativas como o Hyper.js e CMDER, é sempre bom ter algo oficial, suportado pela Microsoft, e convenhamos, qual a dificuldade em suportar temas e customizações?

Antes

Power Shell

Depois

Windows Terminal

Visual Studio Code

Visual Studio Code

Instalação

Caso ainda não possua o Windows Terminal instalado, você pode fazer seu Download em uma das fontes oficiais listadas abaixo.

Políticas do Power Shell

Em alguns casos, durante a execução de comandos NPM no Windows, você poderá receber um erro com a seguinte mensagem: "O arquivo XXXX não pode ser carregado porque a execução de scripts foi desabilitada neste sistema"

Isto ocorre pois as políticas de execução do Power Shell em seu sistema não estão habilitada. Para resolver este problema, feche todos os terminais abertos e abra um novo Power Shell em modo administrador (Clicar com botão direito do mouse sobre o ícone do Power Shell e acessar a opção Executar como Administrador).

Nesta nova janela que se abriu, como administrador, execute o seguinte comando:

Set-ExecutionPolicy -ExecutionPolicy RemoteSigned

Feche novamente a janela e reabra o Power Shell ou qualquer terminal que esteja utilizando. Desta vez não precisa ser como administrador. O erro deve parar de acontecer.

Posh-git e Oh-my-posh

Para esta customização vamos precisar de dois módulos adicionais, o Posh-git e Oh-my-posh, que podem ser instalados utilizando os comandos abaixo no Windows Terminal.

Install-Module posh-git -Scope CurrentUser
Install-Module oh-my-posh -Scope CurrentUser

Enquanto o Posh-git vai nos dar várias informações sobre o repositório atual, como branch, commits entre outros, o Oh-my-posh vai tornar tudo mais bonito.

Alterando o perfil

Com os módulos instalados, vamos configurar o perfil do terminal para sempre carregar estes módulos durante sua inicialização.

Para este passo, precisaremos do Visual Studio Code instalado.

Execute o seguinte código para abrir seu perfil atual no VS Code em modo de edição.

code $PROFILE

Em seguida, adicione as seguintes linhas ao arquivo:

Import-Module posh-git
Import-Module oh-my-posh
Set-Theme Paradox

O que fizemos foi carregar os dois módulos instalados e definir o tema padrão como Paradox. Você pode conferir a lista completa de temas aqui.

Fontes

O Oh-my-posh utiliza alguns ícones para exibir a branch atual do repositório, dentre outros, então precisamos instalar alguma fonte que dê suporte ao mesmo.

Particularmente, prefiro a Source Code Pro for Powerline, mas a nova fonte, lançada recentemente pela Microsoft, chamada Cascadia também é muito bonita. Aí vai do seu gosto.

Feita a instalação das fontes, abra um novo Windows Terminal (Caso não esteja aberto) e pressione CTRL+, para exibir as configurações do mesmo.

Então realize a alteração da configuração fontFace conforme mostrado abaixo:

Versão Source Code Pro
"fontFace": "Source Code Pro for Powerline",
Versão Cascadia Code
"fontFace":  "Cascadia Code PL"

Configurações adicionais

Em adicional, eu gosto de sempre limpar a tela do terminal em seu início, e isto pode ser feito utilizando a linha Clear-Host como mostrado abaixo. Também podemos adicionar uma mensagem de boas vindas utilizando o Write-Host.

Para finalizar, podemos trocar o nome da variável que exibe o caminho atual, para ter algo mais curto, sem o nome do usuário/computador por exemplo. Isto é feito utilizando o $DefaultUser.

Execute novamente o código em um terminal para abrir seu perfil atual no VS Code em modo de edição.

code $PROFILE

Em seguida, acrescente as seguintes linhas ao arquivo:

Clear-Host
Write-Host "balta.io"
$DefaultUser = 'balta'

Pronto, você agora tem um lindo terminal a nível Mac e Linux para ostentar.

Fontes



Compartilhe este artigo


André Baltieri

7x Microsoft MVP

Olá eu sou o André Baltieri, desenvolvedor Web desde 2003, já trabalhei no Brasil e nos EUA, em projetos de diversos tamanhos.

Recebi por sete vezes consecutivas, o prêmio de Most Valuable Professional da Microsoft, um reconhecimento global dado para os maiores influentes em suas tecnologias.

Atuei também como Head of People, recrutando, selecionando e direcionando a carreira de mais de 70 desenvolvedores em uma das melhores empresas para se trabalhar do Brasil.

Sou palestrante em diversos eventos como ASP.NET Conference, DevXperience, TDC, GDG dentre outros e desde 2012 realizo treinamentos e consultorias em diversas empresas do Brasil, acumulando uma ótima experiência que também transformo em cursos InCompany e Online.



Cursos Relacionados



Carreiras Relacionadas