CURSO NOVO NO AR: MICROSSERVIÇOS



ASP.NET Memory Cache

O Memory Cache é utilizado para otimizar a performance das nossas aplicações, evitando requisições desnecessarias a fontes de dados.

Cache

É comum termos diversos dados das nossas aplicações que não mudam com frequência. Itens como estado civil, unidade de medida e até mesmo algumas categorias.

Tudo que tem baixa mutabilidade, pode ser cacheado, evitando que a requisição precise chegar até a fonte de dados.

O que o cache faz é agir entre a aplicação e nossa fonte de dados. Dada uma requisição, podemos cachea-la em algum local e posteriormente, toda vez que esta mesma requisição for chamada, lemos estes dados ao invés de consultar o banco por exemplo.

O cache pode ser feito em diversos lugares, incluindo memória, como veremos aqui. O cache possui um tempo de expiração, dado este tempo, o mesmo é renovado.

Essa renovação significa que a próxima requisição irá novamente até a fonte de dados e o processo de cacheamento se reiniciará.

Quando usado com sabedoria, o cache pode otimizar MUITO a performance das aplicações. Imagina quantos hits no banco podem ser evitados com um bom cache?

Em cenários de larga escala, é comum cachear itens por algumas horas ou até minutos apenas. O importante é reduzir a carga no banco.

Então, não tenha medo do cache, se não precisa de informações em tempo real, talvez ela possa ser cacheada de alguma forma.

Memory Cache

Um dos caches mais comuns é o Memory Cache, onde armazenamos as informações na memória da servidor.

Para realizar esta ação, temos uma chave e um tempo de expiração para o cache, seguido do seu valor.

Feito isto, podemos verificar se os dados requisitados pelo usuário já estão na memória e devolvê-los mais rápido.

Caso não haja um cache com a chave informada, recorremos ao processo normal de acesso ao banco, também chamado de fallback.

O Memory Cache tem dois pontos extremamente importantes que você precisa levar em conta antes de implementar, a memória e a escalabilidade.

Como o nome diz, estamos colocando os dados em memória, e eles permanecerão lá até expirar. Posteriormente, serão renovados, ocupando novamente a memória.

Ou seja, quanto mais você cacheia, mais memória está em uso. O ASP.NET fica responsável por gerenciar a memória e desalocar caso necessário.

Desalocar neste caso significa remover as informações cacheadas para priorizar a execução da aplicação.

Devemos ter cautela para não sobrecarregar a memória do servidor cacheando itens desnecessários.

O segundo ponto é referente a escalabilidade horizontal da aplicação, que se remete a quantidade de servidores ou contêiners que nosso app possui.

É comum termos aplicações com escalonamento automático, ou seja, atingiu X% de CPU ou memória, uma nova máquina ou contêiner será provisionado automaticamente.

Sempre que uma máquina ou contêiner é provisionado, ele possui apenas o essencial, a memória do servidor anterior não é replicada.

Isto significa que tudo que está cacheado no servidor A, fica apenas no servidor A, não se estende para o B, C, D entre outros que virão.

Para estes novos servidores, o processo de geração do cache será realizado, assim como feito no servidor A.

Caso precise de um cache compartilhado entre diversas máquinas ou contêineres, você pode optar por um cache compartilhado como o Redis por exemplo.

Porém, tenha em mente que agregando serviços, agregamos também complexidade e custo a nossa infraestrutura.

Em poucas palavras, utilize estes recursos para ampliar seu leque de possibilidades. O básico muitas vezes funciona bem e a um preço talvez menor.

ASP.NET cache de memória

No ASP.NET, possuimos um Middleware nativo do Framework para cache de dados em memória.

Como todo Middleware, ele deve ser configurado no ConfigureServices, que fica no Startup.cs.

public void ConfigureServices(IServiceCollection services)
{
    services.AddMemoryCache();
}

Esta é toda configuração que precisamos para utilizar o Memory Cache, e deste ponto em diante um serviço chamado IMemoryCache estará disponível para nós.

Utilizando o cache

O primeiro passo para trabalhar com cache é recuperar uma instância do serviço IMemoryCache e isto pode ser feito utilizando DI.

public IActionResult Index([FromServices]IMemoryCache cache)
{
    ...
}

Feito isto, temos disponível na variável cache que criamos, os métodos GetOrCreate e GetOrCreateAsync para obter ou criar um novo item no cache.

Utilize o GetOrCreateAsync caso esteja em um método do tipo Task.

Vamos então implementar o código que fará a tratativa e tomara a decisão sobre qual fonte deve ser lida.

public IActionResult Index([FromServices]IMemoryCache cache)
{
    var date = cache.GetOrCreate("MyCacheKey", item =>
    {
        item.SlidingExpiration = TimeSpan.FromSeconds(10);
        return DateTime.Now;
    });

    return View("Cache", date);
}

A opção SlidingExpiration define quanto tempo o cache vai durar na memória. Temos também a opção AbsoluteExpirationRelativeToNow que define um tempo de expiração relativo a data atual.

Atualização em 2020/06/10 - SlidingExpiration obtém ou define por quanto tempo uma entrada de cache pode ficar inativa (por exemplo, não acessada) antes de ser removida. Isso não estenderá o tempo de vida da entrada além do término absoluto (se definido).

Dados complexos

No exemplo anterior, utilizamos uma simples data e hora como retorno, porém, podemos retornar dados mais estruturados e até chamar uma função.

    var products = cache.GetOrCreate("MyCacheKey", entry =>
   	    {
  	        entry.AbsoluteExpirationRelativeToNow = TimeSpan.FromHours(1);
	       return repository.GetProducts();
        });
    return products;

Neste caso, se um cache com a chave MyCacheKey não for encontrado, a função GetProducts do repositório, e os produtos serão cacheados.

Alterando a prioridade

Como comentamos anteriormente, o cache possui uma prioridade, sendo os menos prioritários, mais propensos a serem excluidos caso haja necessidade de mais memória no servidor.

Esta prioridade é definida pelo método SetPriority utilizando o enumerador CacheItemPriority.

    var products = cache.GetOrCreate("MyCacheKey", entry =>
   	    {
  	        entry.AbsoluteExpirationRelativeToNow = TimeSpan.FromHours(1);
            entry.SetPriority(CacheItemPriority.High);
	       return repository.GetProducts();
        });
    return products;

Fontes

Populares

ASP.NET 5 – Autenticação e Autorização com Bearer e JWT

Este artigo atualmente utiliza a versão 5.0.0-rc.1 do ASP.NET/.NET, o que significa que ainda não...


Clean Code - Guia e Exemplos

Saiba como manter seu código limpo (Clean Code) seguindo algumas práticas sugeridas pelo Robert C...


Git e GitHub - Instalação, Configuração e Primeiros Passos

Git é um sistema de controle de versões distribuídas, enquanto GitHub é uma plataforma que tem o ...


Visual Studio Code - Instalação e Customização

O Visual Studio Code é um editor de código criado pela Microsoft e que tem uma grande adoção pela...


Angular: Rotas, Guardas e Navegação

O Angular nos fornece um esquema de rotas e navegação completo, simples e fácil de utilizar.


Compartilhe este artigo



Conheça o autor

Me dedico ao desenvolvimento de software desde 2003, sendo minha maior especialidade o Desenvolvimento Web. Durante esta jornada pude trabalhar presencialmente aqui no Brasil e Estados Unidos, atender remotamente times da ?ndia, Inglaterra e Holanda, receber 8x Microsoft MVP e realizar diversas consultorias em empresas e projetos de todos os tamanhos.





1.877

Aulas disponíveis

272

horas de conteúdo

30.197

Alunos matriculados

22.465

Certificados emitidos





Comece de graça agora mesmo!

Temos mais de 16 cursos totalmente de graça e todos com certificado de conclusão.

Começar


Prefere algo mais Premium?

Conheça nossos planos



Premium mensal

Cobrado mensalmente via
cartão de crédito


ESGOTADO

  • Acesso à todo conteúdo
  • Emissão de Certificado
  • 55 cursos disponíveis
  • 4 carreiras disponíveis
  • 161 temas de tecnologia
  • Conteúdo novo todo mês
  • Cobrado mensalmente

Me Avise

Política de privacidade

Premium semestral

Compra única, parcelada em até
12x no cartão de crédito


12x R$

33

,33

=R$ 399,90
  • 6 meses de acesso
  • Acesso à todo conteúdo
  • Emissão de Certificado
  • Tira Dúvidas Online
  • 55 cursos disponíveis
  • 4 carreiras disponíveis
  • 161 temas de tecnologia
  • Conteúdo novo todo mês
  • Encontros Premium

Começar agora

Política de privacidade

Premium anual

Compra única, parcelada em até
12x no cartão de crédito


12x R$

64

,99

=R$ 779,90
  • 1 ano de acesso
  • Acesso à todo conteúdo
  • Emissão de Certificado
  • Tira Dúvidas Online
  • 55 cursos disponíveis
  • 4 carreiras disponíveis
  • 161 temas de tecnologia
  • Conteúdo novo todo mês
  • Encontros Premium

Começar agora

Política de privacidade



Precisa de ajuda?

Dúvidas frequentes



  • Posso começar de graça?

    Sim! Basta criar sua conta gratuita no balta.io e começar seus estudos. Nós contamos com diversos cursos TOTALMENTE gratuitos e com certificado de conclusão.

  • Vou ter que pagar algo?

    Nós temos cursos gratuitos e pagos, porém você não precisa informar nenhum dado de pagamento para começar seus estudos gratuitamente conosco. Os cursos gratuitos são completos e com certificado de conclusão, você não paga nada por eles.

    Porém, caso queira algo mais Premium, você terá acesso à diversos benefícios que vão te ajudar ainda mais em sua carreira.

  • Por onde devo começar?

    Siga SEMPRE as nossas Carreiras, elas vão te orientar em todos os sentidos. Os cursos já estão organizados em categorias e carreiras para facilitar seu aprendizado.
    Nossa sugestão para aprendizado é começar pelo Backend e seguindo para Frontend e Mobile.

    • Backend
    • Frontend
    • Mobile

  • Os cursos ensinam tudo que preciso?

    Nenhum curso no mundo vai te ensinar tudo, desculpa ser sincero! Os cursos são uma base, eles fornecem por volta de 30% do que você precisa aprender, o resto é com você, com dedicação e MUITA prática.

  • O que eu devo estudar?

    Java ou .NET? Angular ou React? Xamarin ou Flutter? A resposta é simples e direta: "Você já sabe o básico?"

    Se você ainda não sabe BEM o básico, ou seja, os fundamentos, OOP, SOLID, Clean Code, está perdendo tempo estudando Frameworks ou até coisas mais avançadas como Docker. Foque nos seus objetivos primeiro.
    Agora se você está indeciso sobre qual Framework estudar, a boa notícia é que o mercado neste momento está bem aquecido e você tem várias oportunidade. Desta forma o que levaríamos em conta para tomar esta decisão seria:

    • Já sei o básico
    • O Framework/Tecnologia tem mercado onde eu estou (região)
    • O Framework/Tecnologia é utilizado em uma empresa onde quero atual
    • O Framework/Tecnologia resolve meu problema
    • Eu gosto de utilizar o Framework/Tecnologia

  • Estou pronto para estudar no balta.io?

    Com certeza! O primeiro passo é começar e você pode fazer isto agora mesmo!

    Começar de graça

Ainda tem dúvidas?





Assine nosso Newsletter

Receba em primeira mão todas as nossas novidades.

Cadastrar


balta.io